Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Governo Regional assinala o 90º aniversário do Arquivo Distrital

O Governo Regional através da Secretaria Regional de Turismo e Cultura assinala o Dia Regional dos Arquivos e do Património Documental com a Emissão Filatélica alusiva ao 90º Aniversário do Arquivo Distrital do Funchal. 27-06-2021 Turismo e Cultura
Governo Regional assinala o 90º aniversário do Arquivo Distrital

O Governo Regional através da Secretaria Regional de Turismo e Cultura assinala o Dia Regional dos Arquivos e do Património Documental com a Emissão Filatélica alusiva ao 90º Aniversário do Arquivo Distrital do Funchal.

A cerimónia de obliteração decorrerá a 28 de junho, pelas 12hoo, no auditório da Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira. A emissão filatélica dedicada ao Arquivo Regional terá três selos, um postal e uma pagela (folheto explicativo do teor da emissão). A cerimónia de obliteração marcará o momento de entrada em circulação postal dos selos e define o início da sua capacidade de servir de recibo ao transporte da correspondência. Consiste numa operação de obliteração, do mesmo selo com o carimbo comemorativo de 1º dia.

Para o Secretário Regional de Turismo e Cultura e em declarações ao JM,  esta emissão filatélica revela -se de grande significado “para a memória documental do arquipélago da Madeira, porque para além de assinalar os 90 anos do Arquivo Distrital, releva a importância de uma tutela específica e especializada, responsável pela acumulação e salvaguarda de um acervo que testemunha a história das Ilhas da Madeira e do Porto Santo desde os primórdios do seu povoamento. O Arquivo Distrital teve vários diretores, entre os quais António Aragão que curiosamente assistiria à regionalização deste arquivo em 1980. O edifício onde atualmente funciona a Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira foi construído em 2004, sendo por isso, um dos primeiros arquivos públicos em Portugal construído de raiz. Na emissão filatélica que será obliterada a 28 de junho conta-se um pouco dessa história, através de ilustrações da coleção da DRABM, com várias imagens deste percurso histórico, desde as instalações da década de 50, ao registo de temperatura no interior dos depósitos e microfilmagem de documentação. São perto de 300.000 exemplares de selos que irão correr o mundo, levando consigo, a divulgação do nosso património documental, reforçando a investigação e produção de conhecimento”, refere o governante.

Eduardo Jesus considera que esta edição e tal como refere o Programa do Governo “reforça o apoio e promove a internacionalização dos projetos da Madeira, bem como afirma, por via da cultura, a Região, no país e no mundo”.


Anexos

Descritores