Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

“Os Artistas Funchalenses” atuam no Solar do Aposento

A Banda Municipal do Funchal “Os Artistas Funchalenses” realiza este domingo, às 17h00, no Solar do Aposento, em Ponta Delgada, um concerto, que conta como solista Miguel Apolinário 27-08-2021 Turismo e Cultura
“Os Artistas Funchalenses” atuam no Solar do Aposento

A Banda Municipal do Funchal “Os Artistas Funchalenses” realiza este domingo, às 17h00, no Solar do Aposento, em Ponta Delgada, um concerto, que conta como solista Miguel Apolinário, o qual faz parte do protocolo celebrado com o Governo Regional, através da Secretaria Regional de Turismo e Cultura, assinado em  julho, que tem como objetivo a promoção de um ciclo de quatro eventos de música filarmónica.

“Os Artistas Funchalenses” realizaram já este mês, na sua sede, o primeiro concerto ao vivo de 2021. Agora saem do Funchal para atuarem nos jardins do Solar do Aposento, um imóvel de valor cultural, edificado em meados do século XVIII, constituindo-se como uma tradicional casa madeirense abastada.

A entrada será livre e gratuita e sujeita a reserva, através de artistasfunchalenses@gmail.com

“A Banda Municipal do Funchal - Os Artistas Funchalenses, que este ano comemora 171 anos de existência, tem o seu nome ligado ao Turismo na Madeira e aos nossos espaços, nomeadamente ao Museu Quinta das Cruzes, já que, entre os anos de 1929 e 1933, teve ali a sua sede. Este marco na história da banda está devidamente assinalado na placa comemorativa da sua fundação, a qual se encontra no exterior do muro que delimita a Quina das Cruzes”, salientou o Secretário Regional de Turismo e Cultura ao DN.

Agora, com este segundo concerto de 2021, Eduardo Jesus evidenciou que “o Governo Regional mantém a sua política continuada de promover a descentralização cultural e permite, ao mesmo tempo, dar a conhecer um dos nossos espaços emblemáticos naquela freguesia do concelho de São Vicente, no norte da ilha da Madeira. Esta é esta a melhor forma de o governo reforçar a ligação e cooperação com parceiros públicos e privados do setor, apoiar a descentralização cultural, proporcionando aos residentes e turistas do concelho de São Vicente, um concerto de qualidade”.

Mais referiu o governante que, ao longo dos anos, a banda “tem marcado presença nos eventos promovidos pelo Governo Regional e por diversas entidades, com atuações não só na região, como no território nacional e também no estrangeiro com a qualidade que lhes é reconhecida”.

 


Anexos

Descritores