Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Safaris, jardinagem e oficinas são as propostas dos Museus e bibliotecas do Governo Regional

Atividades para o verão 2020 06-07-2020 Turismo e Cultura
Safaris, jardinagem e oficinas são as propostas dos Museus e bibliotecas do Governo Regional

O Verão convida aos ateliês e oficinas criativas e os museus e espaços tutelados pela Secretaria Regional de Turismo e Cultura, retomam, gradualmente, as oficinas presenciais, cumprindo as normas de restrição no número de participantes, mas recorrendo ao acréscimo de atividades, de forma a poder contemplar crianças e familiares.  O Secretário Regional de Turismo e Cultura considera que “estão criadas as condições de segurança e proteção nos museus, centros culturais, bem como na Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira, para que as crianças e familiares possam usufruir dos projetos criados, apelando aos pais e encarregados de edução que cumpram as restrições impostas pela atual situação”. “Há um esforço e empenho da parte dos serviços educativos, no acréscimo de atividades e na rotatividade das oficinas, já que o número de participantes por cada projeto terá de ser de acordo com o que está estabelecido.”  Eduardo Jesus manifesta a sua satisfação “na criatividade, originalidade de várias oficinas criadas para as camadas mais jovens, que vão permitir conhecer e divulgar os espaços, de uma forma lúdica e interagir com os locais. O facto de as crianças serem convidadas, por exemplo, a identificar algumas plantas, bem como cortar, sachar, semear na Casa – Museu Frederico de Freitas, ou na realização de um  “ safari” , com a utilização de binóculos na busca de exemplares da fauna nas salas do Universo de Memórias João Carlos Abreu, onde também são convidados a serem guias por um dia, demonstram a capacidade dos nossos espaços, que continuam a reinventar e a redescobrir novas  abordagens lúdico-pedagógicas, e que marcam a diferença e  a qualidade dos nossos serviços educativos. Atividades que não estão apenas no Funchal, mas decorrem noutros concelhos como é o caso da Calheta  e da Ribeira Brava”, refere Eduardo Jesus.

 

As atividades não se cingem aos museus e espaços culturais, já que a Direção Regional do Arquivo e Biblioteca Pública da Madeira, preparou dois projetos,  onde se destaca “Sacos de Verão”, atividade que disponibiliza sacos com livros e propostas de atividades,  para empréstimo  aos leitores mais jovens, entre julho a setembro.

No Universo de Memórias João Carlos Abreu e entre 6 de julho a 10 de setembro, o Universo de Memórias João Carlos Abreu inicia as suas atividades de Verão intituladas “Férias Divertidas”. São destinadas a crianças e jovens, dos 5 aos 14 anos, inseridos em ATLs. O limite máximo, por hora, é de 8 participantes que no local serão divididos em dois grupos:

“Safari das Memórias” – Passeio pela casa à descoberta dos animais que nela “habitam”- cada criança leva um par de binóculos, um chapéu e a fotografia de um animal que está representado na exposição…depois é só descobri-lo, identificando o material que é feito, a sua origem e em que sala se encontra…

“Palavras-Chave” – São dadas várias palavras-chave relacionadas com as coleções do “Universo de Memórias”, para que as crianças possam conhecer o significado do objeto visualizado.

Alice no País das Maravilhas” – Tendo em conta as personagens desta aventura de Lewis Carrol, o “Universo de Memórias” sugere uma atividade relacionada com os símbolos de cada uma delas (relógios, chapéus, chávenas, bules, coroas, …) bem como uma viagem à época vitoriana, onde decorre toda a ação.

“Guias por um Dia” - aprendizagem de vários termos ligados às coleções, sendo que cada criança fará a visita guiada aos familiares.

Casa-Museu Frederico de Freitas

 

“JARDINARTE” - ateliê de atividades lúdicas e de expressão plástica que relaciona o jardim da Casa com o acervo do Museu, explorando a temática das plantas e das flores.

Na abordagem à Casa-Museu dá-se a conhecer Frederico de Freitas, a sua faceta de colecionador e destacam-se as representações florais nas mais variadas peças. Serão introduzidos conceitos como o de Jardim e de Jardim de Inverno, nas diferentes épocas e culturas. Falaremos da importância da preservação e salvaguarda do Património nas suas várias vertentes. 

No jardim, as crianças são convidadas a identificar algumas plantas, bem como cortar, sachar, semear varrer e regar. Em contexto de oficina e ao ar livre, serão experimentadas diferentes técnicas de expressão plástica como o desenho, a pintura (guache e aguarela), a modelagem, o recorte/colagem e a dobragem em papel (origamis). Os dois ateliês decorrem de 14 a 17  de 21 a 24 de julho, mediante inscrição prévia e limitado a 5 participantes.

 

Torre do Capitão

No Núcleo Histórico e Museológico de Santo Amaro, de 6 a 10 de julho, no período da manhã, crianças são convidadas a explorar os espaços. Em contacto com o acervo da Torre do Capitão e com o jardim, as crianças são convidadas a explorar os espaços através do seu envolvimento em atividades que valorizam o património, a curiosidade e a criatividade.

O MUDAS. Museu, continua com “Especial fim-de-semana- Famílias no Museu” - são nove oficinas disponíveis para as famílias, todos os sábados, até 1 de agosto. em horários estipulados e com marcação prévia. O público poderá escolher previamente que tipo de visita e oficina que quererá fazer por entre um variado conjunto de opções. Esta oferta lúdico-pedagógica acontece de forma personalizada para famílias até cinco pessoas por visita-oficina, às 10h30, 11h30 e 15h30, respectivamente. De entre as opções de programa para famílias os interessados poderão escolher entre um conjunto variado de oficinas temáticas que compreendem diversas técnicas e formas de expressão artística.

Museu Etnográfico da Madeira

O Museu Etnográfico da Madeira abre as  inscrições para as atividades de Verão  a 6 de julho. O museu programou visitas , jogos de exploração do museu e oficinas, limitadas a 5 participantes.

O Museu de Fotografia da Madeira apresenta até final do mês,  a peça em destaque Máquina Fotográfica Special 3A Kodak, bem como doze fotografias expostas que terão sido produzidas pela Kodak. O Museu de Fotografia iniciou também, a rubrica “Momentos da nossa Cultura”, com 12 fotografias em pack e que presta homenagem a Bernard Harvey Foster, que inaugurou a circulação automóvel na Madeira, em 1904. O pack de fotografias pode ser adquirido na loja do Museu


Anexos

Descritores