Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Secretário Regional considera noite de glória para a Cultura da Região

O Secretário Regional de Turismo e Cultura disse que foi “uma noite de glória para a Cultura da Região”, depois de conhecer os quatro prémios que a APOM – Associação Portuguesa que Museologia atribuiu ontem ao fim do dia numa comunicação virtual que Eduardo Jesus assistiu no auditório da Casa Museu Frederico de Freitas, no Funchal. 11-12-2020 Turismo e Cultura
Secretário Regional considera noite de glória para a Cultura da Região

Entre as distinções há a relevar o galardão de ‘Melhor Museu do Ano’, atribuído ao Museu de Fotografia da Madeira - Atelier Vicente's, o que acontece pela primeira vez a um museu na Região.

Além disso, é a primeira vez que os prémios da APOM, considerados os ‘Óscares da Cultura’ em Portugal, são entregues quatro vezes na mesma edição à Madeira.

Em relação à distinção de ‘Melhor Museu do Ano’, Eduardo Jesus diz que constitui “o melhor reconhecimento que se pode fazer ao investimento que foi ali realizado pelo Governo Regional e é também a melhor forma de homenagear uma política que tem permitido a concentração de um património fotográfico que é único e que faz distinguir a Madeira das restantes áreas do território nacional, constituindo-se como um exemplo para além dessas fronteiras”.

O governante enalteceu igualmente o prémio ‘Investigação’, atribuído ao Museu Etnográfico da Madeira, mais precisamente ao n.º 3 do projeto editorial 'Cadernos de Campo', dedicado às 'Festas e Romarias da Madeira', “como uma prova de que esta coleção vem agora ser reconhecida pelo grande interesse que promove na preservação daquela memória e do conhecimento”.

Por outro lado, referiu ser “extraordinariamente importante para a Madeira o prémio ‘Informação Turística’ atribuído à Direção Regional de Cultura da Madeira pela divulgação de 'A Arte na Rota do Ouro Branco e ainda o prémio ‘Instituição’ que foi entregue à Direção Regional da Cultura, confirmando o trabalho que tem sido desenvolvido por esta direção regional”.

O Secretário Regional de Turismo e Cultura sublinha que estes prémios funcionam e representam “um reconhecimento às pessoas, aos profissionais da cultura, às equipas que têm estado envolvidas em cada uma das áreas correspondentes a cada um dos prémios e significa um forte apoio a todas estas pessoas num ano particularmente difícil, em que a pandemia veio colocar à prova e obrigou a reinventar métodos de trabalho sob um desafio que nunca tinha experimentado”.

Complementou, no entanto, que o prémio de todos os prémios “é chegar ao fim do ano com a consciência tranquila de que aquilo que fizemos, fizemos bem. Aquilo que tivemos de inovar, inovamos bem, aquilo que tivemos de recriar, recriamos bem e que este reconhecimento que é externo e de uma entidade credibilizada e superior a qualquer interesse, essa independência valoriza de sobremaneira esta distinção que vem agora para a Madeira. Julgo que é uma noite de glória e um enorme reconhecimento da Madeira e da cultura que todos nós promovemos diariamente”.

 

Os prémios

 

‘Museu do Ano’

‘Museu de Fotografia da Madeira – Atelier Vicente’s’

 

‘Informação Turística’

Roteiro ‘A Arte na Rota do Ouro Branco’

 

‘Investigação’

Projeto Editorial do ‘Museu Etnográfico da Madeira’ “CADERNOS de CAMPO, N.º 3 - Festas e Romarias”

 

‘Instituição’

Direção Regional de Cultura da Madeira


Anexos

Descritores