Este sítio utiliza cookies para facilitar a navegação e obter estatísticas de utilização. Poderá consultar a nossa Política de Privacidade aqui.
Pesquisar

Governo Regional continuará a lançar medidas para esbater despovoamento da Costa Norte

O Secretário Regional das Finanças, Rogério Gouveia, defendeu, ontem, na Sessão Solene Comemorativa do Dia da Padroeira da Freguesia do Faial, que a principal prioridade de quem governa é a afirmação de políticas que conciliem a elevação das condições de vida, com a resolução de problemas e a afirmação de defesa dos interesses populares. 09-09-2022 Finanças
Governo Regional continuará a lançar medidas para esbater despovoamento da Costa Norte

Neste sentido, perante uma plateia composta de faialenses e amigos da terra, o governante destacou que  as juntas de freguesia, as autarquias e o governo regional devem cooperar e trabalhar para estabelecer parcerias e encontrar as melhores soluções, que se enraízem na legítima aspiração das populações.

E deu o exemplo do desafio lançado nas comemorações do ano anterior, a que também presidiu em representação do presidente do Governo Regional, a propósito da criação de um call center na freguesia do Faial.

“Na altura era apenas uma ideia, mas passado um ano, esse objetivo já foi concretizado, fruto da colaboração e da comunicação entre várias entidades, fundamental para que este projeto seja uma realidade”, realçou o governante.

Rogério Gouveia destacou, também, que esta é “uma pequena semente que se espera venha a crescer” e a materializar o aumento de criação de postos de trabalho na localidade – sobretudo para os jovens do Faial, contribuindo para que estes se possam fixar na sua terra – e ajudar a freguesia e o concelho a recuperar população, diminuir o despovoamento, a ganhar atratividade e a crescer.

“E isso deve orgulhar qualquer faialense como, naturalmente, orgulha o Governo Regional, pois significa também que a nossa política de desenvolvimento e de investimento, material e imaterial, está a fazer o seu curso”, salientou o responsável, acrescentando que animado por estes resultados, o Governo Regional continua a lançar medidas adicionais tendo em vista a potenciação do interesse do investimento e do empreendedorismo privado, como é exemplo a medida aprovada pelo Conselho de Governo e que representa, para as empresas sedeadas e que se queiram sedear na Costa Norte e no Porto Santo, o pagamento da taxa mais baixa de IRC do país.