Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Saúde apresenta APP “S-Alerta Cidadão” 

Através da nova plataforma eletrónica, cidadão pode aceder à informação sobre as novas regras de isolamento, esclarecer dúvidas, requerer declarações e certidões relacionadas com a doença COVID-19 de forma simples e sem constrangimentos.  07-01-2022 Saúde e Proteção Civil
Saúde apresenta APP “S-Alerta Cidadão” 

O Secretário Regional de Saúde e Proteção Civil, Pedro Ramos, presidiu, no dia 7 de janeiro, à apresentação da plataforma “S-Alerta Cidadão”, uma ferramenta eletrónica que vai simplificar a comunicação com os cidadãos e facilitar o acesso a documentos relacionados com a doença COVID-19. 

 

Através da nova plataforma eletrónica, cidadão pode aceder à informação sobre as novas regras de isolamento, esclarecer dúvidas, requerer declarações e certidões relacionadas com a doença COVID-19 de forma simples e sem constrangimentos. 

 

A plataforma "S-Alerta Cidadão", está disponível através do seguinte endereço: https://s-alerta.pt/cidadao/  Está disponível para todos os cidadãos. Algumas das suas funcionalidades estão apenas disponíveis para os utentes com resultado positivo e/ou contactos de risco, mediante a receção de uma mensagem com um “PIN” (no caso dos casos positivos).

 

 Para conhecer melhor a APP "S-Alerta Cidadão" clique aqui.

 

De referir que além das funcionalidades disponibilizadas através da APP S-Alerta Cidadão, a pessoa que testou positivo à COVID-19 ou que teve contacto direto com caso positivo, receberá diariamente uma mensagem (por telemóvel) com algumas orientações/recomendações das autoridades de saúde.  

 

A autoridade de saúde, através deste novo mecanismo convida os cidadãos a terem uma participação mais ativa na gestão do seu processo de isolamento. 

 

As funcionalidades da APP "S-Alerta Cidadão" estão disponíveis para os casos positivos comunicados a partir do dia de hoje, 7 de janeiro, inclusive.