Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Meio aéreo de combate a incêndios florestais é uma conquista do Governo Regional e dos madeirenses

O meio aéreo, multi-mission de combate a incêndios florestais e resgate e salvamento em terra, é atualmente uma realidade na Região Autónoma da Madeira, mas é resultado direto do investimento do Governo Regional e do Serviço Regional de Proteção Civil. 13-01-2022 Saúde e Proteção Civil
Meio aéreo de combate a incêndios florestais é uma conquista do Governo Regional e dos madeirenses

A Secretaria Regional da Saúde e Proteção Civil relembra que a existência do meio aéreo de combate a incêndios florestais na Região Autónoma da Madeira é uma conquista do Governo Regional e dos madeirenses. Desde o ano de 2019, o Serviço Regional de Proteção Civil assegurou a permanência do meio aéreo no âmbito do POCIF, Plano Operacional de Combate a Incêndios Florestais, anualmente. A partir do ano 2022, o helicóptero, multi-mission, será uma realidade para todo o ano, e irá permitir assegurar, uma resposta integrada, eficaz ao nível da proteção de pessoas e seus bens.

Desde o ano de 2019, a permanência do meio aéreo de combate a incêndios florestais e resgate e salvamento em terra tem sido um investimento realizado pelo Governo Regional, sem qualquer tipo de ajuda do Governo da República. Importa recordar que os Orçamentos de Estado de 2019, 2020 e 2021 mencionaram, que o Estado assumiria aos custos do meio aéreo, mas tal não passou de uma promessa não cumprida.

O meio aéreo, multi-mission de combate a incêndios florestais e resgate e salvamento em terra, é atualmente uma realidade na Região Autónoma da Madeira, mas é resultado direto do investimento do Governo Regional e do Serviço Regional de Proteção Civil.