Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Formação e a fixação de médicos são decisivas para a saúde regional

Secretário regional da Saúde participou ontem na tomada de posse dos novos elementos do conselho regional da Ordem dos Médicos, numa cerimónia que contou com a presença do novo Bastonário da Ordem dos Médicos 22-02-2017 Saúde e Proteção Civil
 Formação e a fixação de médicos são decisivas para a saúde regional

A formação e a fixação de médicos na Região foram duas das  principais preocupações transmitidas ontem , pelo secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, na tomada de posse dos novos elementos do conselho regional da Ordem dos Médicos, numa cerimónia que contou com a presença do Bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães.

“A formação de novos médicos e a sua fixação na Região ganha um importância crucial quando a curto e a médio prazos se evidencia a necessidade de renovação geracional dos nossos quadros” afirmou Pedro Ramos.

O secretário regional disse ainda que este problema agrava-se numa “região insular e ultraperiférica como a Madeira” em que é fundamental “ter a capacidade de planear bem as necessidades”.

Em termos de sistema de saúde, Pedro Ramos referiu que “temos dado passos concretos no sentido de incrementar uma maior eficiência na utilização dos recursos disponíveis, pois, estamos conscientes que as falhas existentes, não se resolvem apenas com mais verbas, mais médicos e dotação de meios. Resolvem-se com melhor organização e planificação”.

À Ordem e aos novos empossados, o secretário regional da Saúde disse  que “manteremos a disponibilidade de sempre, para o diálogo com a instituição, que consideramos uma parceira privilegiada na prestação de cuidados de saúde a todos os cidadãos”. 


Anexos

Descritores