Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Governo reforça emergência pré-hospitalar este fim semana no Porto Santo

A EMIR volta ao Porto Santo a 8 de Julho e permanecerá na ilha até ao dia 16 de Setembro 21-06-2018 Saúde e Proteção Civil
Governo reforça emergência pré-hospitalar este fim semana no Porto Santo A partir de hoje e até domingo, dia 24 de Junho, o Governo Regional da Madeira, através do Serviço Regional de Proteção Civil  deslocou para o Porto Santo uma Equipa Médica de Intervenção Rápida (EMIR), reforçando o socorro e a emergência nestes dias em que a ilha acolhe muitas pessoas, por ocasião das festividades do São João. 
É um reforço importante, que vem de encontro ao que já sucede na época estival desde 2015, em que a Equipa Médica de Intervenção Rápida integrada no Serviço de Emergência Médica Regional (SEMER) do Serviço Regional de Proteção Civil, IP-RAM, é destacada em permanência para a ilha de Porto Santo, considerando o grande afluxo de pessoas àquela ilha, naquele período.  O risco acrescido que representa o aumento exponencial da população da ilha no período de férias, que passa de 5 mil para cerca de 25 mil habitantes fica assim coberto com a EMIR. 
Neste sentido, a EMIR volta ao Porto Santo a 8 de Julho e permanecerá na ilha até ao dia 16 de Setembro. 
Refira-se que esta é uma das medidas mais emblemáticas  do da política de saúde e de protecção civil do Programa do Governo Regional para combater a dupla insularidade da ilha e promover o seu desenvolvimento integrado,  que tem sido cumprida e reforçada, de acordo com as necessidades. 
A sua implementação tem-se revelado um êxito assinalável, promovendo a emergência pré-hospitalar mais especializada e colaborando com os diversos agentes de proteção civil, conseguindo uma maior otimização dos recursos disponíveis na ilha de Porto Santo.
Por outro lado, a permanência de técnicos de saúde altamente diferenciados, durante um período de tempo alargado, tem permitido desenvolver ações de informação e sensibilização à população, em coordenação com as autoridades locais e a manutenção dos níveis de certificação aos bombeiros do corpo de bombeiros do Porto Santo. 
A intervenção da EMIR no Porto Santo só é possível graças ao apoio conjunto de várias instituições, nomeadamente a Direção Regional para a Administração Pública do Porto Santo, o Centro de Saúde do Porto Santo e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Porto Santo.





Anexos

Descritores