Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Dia Mundial contra as Hepatites

A Região Autónoma da Madeira integra programa de eliminação das hepatites, desde 2019. Uma iniciativa do Serviço de Saúde da RAM através dos serviços de Gastroenterologia e Infeciologia em conjunto com a secretaria regional da Saúde e da Proteção Civil. 30-07-2020 Saúde e Proteção Civil
Dia Mundial contra as Hepatites

O secretário regional de Saúde e Proteção Civil, Pedro Ramos, participou nas comemorações do Dia mundial contra as Hepatites no dia 28 de julho. Uma iniciativa do Serviço de Saúde da RAM através dos serviços de Gastroenterologia e Infeciologia em conjunto com a secretaria regional da Saúde e da Proteção Civil. A efeméride foi assinalada com um rastreio ocasional à hepatite C no Hospital Dr. Nélio Mendonça e com uma videoconferência onde foram apresentados os resultados do programa FOCUS, projeto de eliminação da Hepatite C que decorre na Região Autónoma da Madeira desde 2019.

No rastreio participaram cerca de 100 pessoas, incluindo alguns dirigentes da área da saúde.

Presentes nesta iniciativa e dando a cara pela máxima “Diga sim ao teste”,  participaram também o diretor regional da Juventude, João Rodrigues, e a cantora Micaela Abreu.

Recorde-se que o SESARAM foi pioneiro ao ter sido o primeiro hospital português público distinguido com uma bolsa de financiamento internacional que permitiu implementar um rastreio de oportunidade a todos os doentes internados no Hospital Dr. Nélio Mendonça e Hospital dos Marmeleiros e nas populações de risco (estabelecimento prisional, toxicodependentes).

O programa FOCUS, programa de eliminação das hepatites, já permitiu, desde agosto de 2019 rastrear 2408 utentes, dos quais 14 utentes foram dados como positivos.

Pedro  Ramos recordou que o programa FOCUS vai de encontro à estratégia do SESARAM em termos de políticas de saúde pública. “As poupanças são originadas pelo rastreamento e identificação precoce das hepatites”, disse.

O programa Gilead FOCUS é o maior programa de apoio ao rastreio de vírus transmitidos pelo sangue em Portugal e Espanha.