Este sítio utiliza cookies para facilitar a navegação e obter estatísticas de utilização. Poderá consultar a nossa Política de Privacidade aqui.
Pesquisar

Inscrições no Projeto da Convivialidade, Ética e Mediação Escolar

Fichas de inscrição para o ano letivo 2022/2023. 01-08-2022 Direção Regional de Educação
Inscrições no Projeto da Convivialidade, Ética e Mediação Escolar

Estão abertas as inscrições para as escolas que pretendam desenvolver os programas do Projeto da Convivialidade, Ética e Mediação Escolar, até ao dia 16 de setembro de 2022, através das seguintes ligações:

Escolas Básicas do 1.º Ciclo com Pré-escolar

Escolas dos 2.º e 3.º Ciclos e Ensino secundário

 

A Convivialidade Ética e Mediação Escolar (Convivialidade Escolar) é uma iniciativa tutelada pela Secretaria Regional da Educação Ciência e Tecnologia (SRE) que visa incrementar nas escolas um ambiente escolar seguro, inclusivo, respeitador e propício às aprendizagens.

Este projeto de intervenção tem como principais desígnios promover em cada escola o debate e a reflexão sobre as prioridades e possibilidades de intervenção nesta área; analisar a incidência e a natureza dos vários comportamentos antissociais que ocorrem em contexto escolar; e, documentar as boas práticas que têm sido levadas a cabo pelas escolas com o propósito de combater estes fenómenos e estabelecer uma rede de partilha de informação e estratégias de intervenção com vista ao sucesso educativo dos alunos.

 

O projeto da Convivialidade, Ética e Mediação Escolar integra um modelo tridimensional, que comporta três níveis de intervenção:

- Promoção de competências sócio afetivas (Intervenção Primária), para todos os alunos, de modo a dotá-los de ferramentas adequadas a uma boa gestão da convivialidade, através das sessões dos programas DivertidaMente e Jogos da Prevenção, no 1.º ciclo.

Nos 2.º e 3.º ciclos são disponibilizados aos diretores de turma as sessões da Convivialidade Escolar a serem trabalhadas na disciplina de Formação Pessoal e Social (FPS).

- Prevenção de comportamentos disruptivos (Intervenção Secundária), providenciando às escolas um serviço de consultadoria na monitorização, acompanhamento e implementação dos planos de ação colocados em prática, e

-Remediação (Intervenção Terciária), intervenção a um nível pontual, sessões de mediação e orientação educativa direcionada aos alunos altamente problemáticos, de alto risco, de bullying e/ou de ética escolar, aos respetivos encarregados de educação e diretores de turma.