Este sítio utiliza cookies para facilitar a navegação e obter estatísticas de utilização. Poderá consultar a nossa Política de Privacidade aqui.
Pesquisar

| Tenho de coreografar. E agora?- Coreografias ao alcance de todos

Curso de formação destinado a docentes dos grupos de recrutamento 150, 160, 260, 620, 700.EE e docentes do grupo de recrutamento 110 e 110.EE a lecionar Expressão Físico-Motora. 17-12-2021 Direção Regional de Educação
| Tenho de coreografar. E agora?- Coreografias ao alcance de todos

A Direção Regional de Educação está a promover o curso de formação “Tenho de coreografar. E agora? - Coreografias ao alcance de todos”, destinado a docentes dos grupos de recrutamento 150, 160, 260, 620, 700.EE e a docentes do grupo de recrutamento 110 e 110.EE a lecionar Expressão Físico- Motora.

 

O curso realiza-se de 10 a 12 de fevereiro de 2022, no Salão da Junta de Freguesia de São Martinho, no seguinte horário:

 

- 10 de fevereiro de 2022 das 09h00 às 13h00;

- 11 de fevereiro de 2022 das 13h30 às 18h00;

- 12 de fevereiro de 2022 das 09h00 às 13h30.

 

A dança é uma mais-valia no processo educativo e nas vivências diárias dos alunos, desempenhando um papel extraordinário no processo do autoconhecimento, correspondendo de forma cabal às competências apontadas  no “Perfil do aluno à saída da escolaridade obrigatória”, nomeadamente a da Consciência e Domínio do corpo, como “capacidade de o aluno compreender o corpo como um sistema integrado e de o utilizar de forma ajustada aos diferentes contextos.” (Despacho n.º 6478/2017, de 26 de julho)

Pretende-se, com esta formação, munir os professores de ferramentas que facilitem a abordagem da dança junto dos alunos, através de uma metodologia simples e divertida, ao alcance de todos, capaz de auxiliar o desenvolvimento das Atividades Rítmicas Expressivas na escola.  

 

Pretende-se que no final da formação os formandos saibam:

 

  • Estratégias para transformar movimentos do quotidiano em passos coreográficos;
  • Promover a relação entre a dança, o ritmo e o movimento em si;
  • Apresentar e conhecer vários géneros musicais e estilos de dança para coreografar;
  • Apresentar as várias fontes de inspiração para a construção coreográfica, entre outros.