Madeira como exemplo de sensatez em Portugal

Livro de João César Neves elogia e dá como bom exemplo a evolução orçamental da Região 17-01-2017 Finanças e da Administração Pública
Madeira como exemplo de sensatez em Portugal No seu mais recente livro, “As 10 questões do colapso que Portugal poderá sofrer em 2016-2017”, o escritor e professor catedrático, João César das Neves, elogia a consolidação orçamental e a trajetória de equilíbrio prosseguida nos últimos anos pela Região Autónoma da Madeira.

Num livro em que o conceituado economista deixa avisos sobre a provável derrocada financeira que está em marcha no país, João César das Neves enaltece o exemplo madeirense que “tomando a sério a gravidade do estado em que se encontrava, inverteu a sua situação financeira, iniciando uma trajetória de equilíbrio”.

O professor catedrático reforça que num país que tem as suas contas públicas cronicamente desequilibradas, tendo a Madeira sido, nas primeiras décadas da autonomia, também paradigma desse problema, “é de saudar que a Região tenha conseguido três anos consecutivos de excedente orçamental, coisa que Portugal não tem desde 1973.

Afirma ainda João César das Neves que seria muito bom que o resto do país conseguisse uma remissão semelhante, “mas, em qualquer caso, este episódio mostra a todos que ainda pode haver esperança de sensatez em Portugal”.